quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Infan(ciando)

Um dia eu fui criança 
Todo adulto também foi
Recordo a feliz lembrança 
Que a minha infância foi

Em berço de rede nasci
Foi simples o meu enxoval 
Agora que um pouco cresci
Fiz um percurso normal

Brinquedos eu tive alguns
Não todos que desejei 
Mas aqueles que possui
Por muito tempo conservei

Hoje não tenho nenhum
Não foi falta de zelo
Fui dando de um a um
A quem não podia tê-lo

Nunca foi muita coisa
Mas no simples era feliz 
Fazia também meus brinquedos
O chão riscava de giz

Subia em árvores
Descia cachoeiras
Regava flores 
Corria ladeiras

Fiz esse verso todo
Só pra recordar 
Que ia feliz pra vacina
So pra o pirocoptero ganhar

(Muaná-Marajó 25.10. 6)
Alfredus

Nenhum comentário:

Postar um comentário